Páscoa saudável no Hospital de Saracuruna


em 26/03/2018
0217cd8e-1023-4ffe-8b83-c8f423c99198

Na Páscoa, as tentações estão por todos os lados. No supermercado, as prateleiras transbordam com ovos lindos e brilhantes e as ofertas de barras e bombons estão em toda parte. Manter a boa alimentação durante esta época, é uma tarefa difícil. Por este motivo, a equipe de Nutrição do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes realizarou, no último dia 26, um evento para demonstrar receitas de sobremesas saudáveis. O evento contou com a presença de cerca de 70 participantes.

Estavam dentre as preparações: brownie de chocolate 70%; brigadeiro sem leite condensado e, até mesmo, receitas com ingredientes um tanto quanto inusitados, como palha italiana de inhame; brigadeiro de chuchu com cacau e mousse de abacate.

‘’É importante termos estratégias saudáveis nesta data, pois o mercado oferece uma enorme quantidade de produtos ricos em açúcares e gorduras, que invadem nossas casas e tornam os hábitos alimentares bastante inadequados’’, explica a coordenadora de Nutrição do HEAPN, Daiana Teixeira.

Paras as preceptoras do curso de Nutrição da Unigranrio, Mariana Cabral e Jorgiana Vilar, esta iniciativa é de grande importância para mostrar que não é difícil manter uma boa alimentação consumindo alimentos saborosos. ‘’É possível manter a qualidade e as características mais saborosa dos alimentos substituindo ingredientes calóricos por alimentos mais saudáveis, com menos calorias e gorduras, de forma que todos possam comer sem extravasar a dieta’’, explicam as preceptoras.

1f3b489e-582f-4454-8d66-4a2949d3c3bf

Além de disponibilizar uma mesa com as guloseimas saudáveis, a equipe distribuiu folders com a receita dos alimentos.

‘’As receitas foram preparadas pelos alunos, na verdade, o nosso trabalho foi de fazer as substituições, o açúcar foi substituído pelo demerara ou mel, o chocolate pelo cacau 70, ou 50%, e as farinhas pelo farelo de aveia. Assim, conseguimos agregar mais fibras e diminuir o teor calórico’’, conta a preceptora Mariana Cabral.

Segundo a coordenadora Daiana, a educação alimentar e nutricional proporciona a melhoria do conhecimento em relação à alimentação saudável. Estas atividades visam a promoção da saúde, contribuindo para formação de bons hábitos alimentares, mas vale lembrar que, mesmo as receitas sendo preparadas de forma mais saudável, devemos consumi-las com moderação, pois todo consumo em excesso pode ser prejudicial à saúde.