HEAPN celebra o Dia Mundial da Água


em 26/03/2018

QAP10285

Para marcar o Dia Mundial da Água, data que foi instituída pela ONU, em 22 de março de 1992, e visa à conscientização da população a respeito dessa valiosa substância, o setor de Higiene e Limpeza do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes realizou, no auditório principal da unidade, um evento que contou com cerca de 60 participantes.

O diretor geral do HEAPN, Dr. Manoel Moreira, parabenizou as iniciativas do setor e ressaltou a importância da utilização consciente da água no dia-a-dia.

‘’Mais de 10% da água mundial está no Brasil, então temos a obrigação de preservá-la, pois ela é muito importante para a nossa sobrevivência. Vale a pena o Adão Pereira Nunes estar nessa batalha e mostrar para vocês a importância deste recurso’’, declarou o diretor geral.

Estava entre as atividades do evento, uma palestra de conscientização, ministrada pela coordenadora do serviço de Higiene e Limpeza, Luciana Nóbrega. A coordenadora mostrou também os resultados obtidos pelo serviço de gerenciamento de resíduos sustentáveis da unidade.

‘’Uma inciativa realizada pela unidade que colabora muito para a não contaminação das águas, é o serviço de coleta do óleo de fritura utilizado, não apenas da cozinha da unidade, mas também dos colaboradores e da comunidade local’’, explicou Luciana.

QAP10273

Foi reproduzido um audiovisual contendo conselhos para uma vida e saúde mais felizes e saudáveis. Além disso, foi realizado um sorteio para os setores que mais contribuem com a coleta do óleo de fritura usado. Brindes contendo kits de limpeza estavam entre as premiações distribuídas.

‘’A água é o princípio de todas as coisas, e o mundo tem sede de iniciativas. Vale a pena a gente abraçar esse trabalho, abraçar essa causa, porque o que fazemos hoje é o que vai determinar o quanto os nossos recursos vão durar’’, pontuou a coordenadora Luciana Nóbrega.

Sobre o serviço de reciclagem do HEAPN

O Hospital Estadual Adão Pereira Nunes desenvolve uma série de ações de sustentabilidade. Em 2017, mais de 20 toneladas de papelão, 1,4 toneladas de papel, 1 tonelada de plástico, 345 kg de metal, 3.593 kg de caixinha de leite e, ainda, 242 kg de películas de raios X e quase 3 mil litros de revelador/fixador. Todo esse material é transformado em blocos de papel reciclado, sacolas retornáveis, lixeiras, gasolina para serviço de roçagem na área externa, reforma em portas do abrigo de resíduos, confecção de travesseiros para os pacientes, entre outras utilidades.

A unidade também se tornou ponto de coleta de óleo de fritura e já beneficiou dezenas de pessoas com essa ação. O material recolhido não apenas é descartado de maneira correta, como ainda se transforma em produto de limpeza para ser distribuído entre os colaboradores. Funciona da seguinte forma: a cada dois litros de óleo entregue no hospital, o usuário recebe um frasco de detergente biodegradável para levar para casa. O processo é realizado por uma empresa em soluções ambientais, em parceria com o HEAPN.