Hospital Adão Pereira Nunes cria projeto de prevenção ao suicídio


em 25/09/2019

Hospital Estadual Adão Pereira Nunes cria projeto de prevenção ao suicídio

Nova abordagem na principal unidade da região reforça que cada vida é importante 

 

Uma caneta, uma flor e um papel em branco para escrever uma nova história. Esses três simples elementos fazem toda a diferença no “Projeto Vida”, nova abordagem do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes (HEAPN) para o atendimento de pacientes com tentativa de suicídio.

 

Localizada em Jardim Primavera, Duque de Caxias, a unidade registrou, em 2018, cerca de 40 atendimentos do tipo, uma média de três pacientes por mês. Isso motivou a criação da abordagem especial, como explica a coordenadora do Núcleo de Psicologia do hospital, Karla Peres. “Os números registrados não só no nosso hospital, mas também no Brasil, nos chamaram muita atenção sobre a importância de iniciativas que visem a valorização da vida. Por este motivo, criamos o projeto”, afirma.

 

A inciativa parte justamente da vontade de demonstrar aos pacientes que a vida continua. “É uma abordagem simples, mas que pode fazer toda diferença na vida do paciente. Durante a alta hospitalar, nós entregamos uma caneta em formato de flor, que significa vida; um papel em branco, para que a pessoa escreva uma nova história; e um bilhete dizendo o quanto aquela vida é importante para nós”, conta Karla.

Como funciona

 

Todo paciente que é atendido com histórico de tentativa de suicídio na unidade é acompanhado pela equipe de psicologia. O atendimento é registrado no SINAN (Sistema de Informação de Agravos de Notificação) e encaminhado para a Secretaria de Estado de Saúde. Além disso, é realizado o encaminhamento para o ambulatório interno de psicologia do HEAPN e o paciente é inserido na rede de atendimento psicológico do município.

 

“Nossa missão é mostrar que toda vida importa. Mesmo que tudo pareça sem saída, ou que haja uma série de problemas pessoais e profissionais, a vida de cada um é especial. E nós estamos aqui para auxiliar o paciente a ressignificar sua história de vida”, pontua Karla Peres.

 

Confira a matéria que saiu no Jornal Extra sobre o projeto: https://extra.globo.com/noticias/rio/projeto-previne-suicidio-junto-pacientes-da-emergencia-do-hospital-de-saracuruna-em-caxias-23969196.html

 

adao