IABAS completa um ano de gestão no HMRF


em 01/08/2017

Agosto de 2017 marca um ano do primeiro contrato de gestão hospitalar do Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (IABAS) na cidade do Rio de Janeiro. Em 2016, o Hospital Municipal Rocha Faria (HMRF), em Campo Grande, passou a ser administrado pelo IABAS e, nesse curto período, tornou-se um hospital mais humanizado, com melhores práticas de gestão e atendimento de qualidade para a população.

Referência de atendimento de emergência na Zona Oeste da cidade, em um ano o HMRF atendeu mais de 165 mil pacientes em sua Coordenação de Emergência Regional, teve quase 13 mil usuários internados e realizou três mil cirurgias. Tudo isso com 87% de aprovação dos pacientes e acompanhantes do hospital.

Um dos principais focos da gestão do IABAS no hospital foi o transformar em um local humanizado, para acolher os usuários da melhor forma possível. A brinquedoteca da unidade foi reformada para que os pequenos pacientes internados possam sair de seus leitos e brincar; os projetos de voluntariado foram ampliados, com novas atividades como a musicoterapia, que leva música toda quarta-feira para os setores do hospital; os prematuros da UTI Neonatal recebem polvos de crochê que lembram o cordão umbilical, dando conforto até o momento de ter alta, quando também levam o amiguinho; entre outros projetos.

O IABAS também melhorou a gestão do hospital em diversos aspectos. Um exemplo são as Autorizações de Internação Hospitalar (AIH), instrumento de registro que apresenta como característica a proposta de pagamento por valores fixos dos procedimentos médicos e hospitalares. A taxa de rejeição de AIH caiu de 9,96% durante a gestão municipal anterior para 0,40% com a gestão pelo IABAS. A medida transformou o Hospital Rocha Faria na unidade que mais fatura no município.