CF discute preconceitos enfrentados no dia a dia


em 24/11/2017

23622341_1831599683518053_7929420730910533148_n

O Dia Nacional da Consciência Negra, data que propicia um momento de conscientização e reflexão sobre a importância do povo africano na formação cultural brasileira, foi comemorado em grande estilo na Clínica da Família Helena Besserman Vianna.

A unidade, em parceria com a Associação de Moradores de Rio das Pedras, organizou, no dia 17, um evento para conscientizar os profissionais e usuários da clínica sobre a importância da data e o preconceito que existe até hoje.

As paredes do auditório da clínica foram tomadas por cartazes que denunciam declarações preconceituosas que a maioria dos negros brasileiros já ouviu, como: “para uma negra você é até bonita” e “até que seu cabelo nem é tão ruim”, entre outras frases. Além das imagens, o auditório foi decorado com peças marcantes da cultura africana.

O evento contou com a participação do grupo de capoeira da associação de moradores da região, que se apresentou e explicou um pouco da história e filosofia dessa modalidade de arte marcial. Também foi exibido um vídeo homenageando personalidades negras e profissionais da clínica.

Mais do que exames e consultas, as clínicas da família desempenham um papel social extremamente importante, sendo um elo de ligação com a comunidade em que estão inseridas, como explica Rejane Machado, auxiliar de saúde bucal da unidade e organizadora do evento.

“Discutir assuntos como esse é necessário para expor o preconceito que passamos. Aqui, temos voz com nossos usuários e, conversando sobre isso, podemos fazer a diferença”, afirma.